Composta por aproximadamente 40 pessoas, que se revezam em grupos de 3 pessoas, em média, são trabalhadores do bem, que levam às pessoas necessitadas que não podem vir receber o atendimento localmente na Casa de Oração, os eflúvios benéficos do atendimento espiritual.

Cada grupo visita uma região do município. Embora o ideal – para que os atendimentos possam ser o melhor possível – deve-se ser de 4 a 5 pacientes por grupo, atualmente encontramos grupos com até 8 pacientes. E esse número já chegou a 10. E tudo isso por falta de trabalhadores.

São adultos, crianças e idosos que, ao aceitarem a visita das equipes criam um vínculo com eles que torna difícil o momento da alta.

Graças a equipes espirituais formadas de várias falanges, que atendem desde situações de saúde até complicadas obsessões, viabilizam uma melhoria tal que os pacientes, em tempo hábil, podem ser direcionados depois aos tratamentos mais completos na própria Casa de Oração.

Este Trabalho tem por base analisar a situação, num primeiro momento, material e espiritual. Nas visitas o atendimento compõe-se de leitura do evangelho, passes e atendimento cirúrgico, quando necessário. Também são atendidas as necessidades materiais, como por exemplo, cestas básicas, limpeza do ambiente da casa - quando necessário, fornecimento de algum móvel - quando possível pela disponibilidade da Casa de Oração, atendimentos de enfermagem (tratamentos e acompanhamentos), etc.

Todos têm experiências de atendimentos que sensibilizam em todos os sentidos. A melhoria do paciente, gradativa e ampla, é percebida semanalmente pelos médiuns visitantes.

O envolvimento das equipes com a família leva a uma melhora da fé e da esperança para todos. Geralmente os pacientes sentem-se mais confortáveis, pois passam a sentir o amor e o carinho, que muitas vezes faltam da família ou dos responsáveis. O processo da cura deixa a todos com muito animo e revela o amor de Deus por todos nós. Os pacientes ficam mais alegres, mais dispostos, retomam a energia e cresce a vontade de reerguimento.

O Trabalho do Social é imprescindível para a humanidade. É a vivência do evangelho do Cristo proposta pela doutrina espírita. É a reforma pela caridade e pelo amor do próximo a estabelecer na relação entre os espíritos a comunhão com Deus.